Presidente da Associação Vidas faz avaliação da EXPOAGRO VIDAS 2018
14/08/2018

Felicidade. É com essa palavra que o presidente da Associação Vidas, Etore Selvatici Cavallieri, retrata mais uma edição de sucesso da ExpoAgro Vidas. Voltado para a ampliação e modernização – estrutural e humana – do Hospital [...] São Camilo, o evento levou mais de 120 mil pessoas ao parque de exposições de Aracruz, no último final de semana.

Alinhada com as expectativas da organização e sem o registro de nenhuma ocorrência policial, a festa ocorreu em absoluto clima familiar: “Essa é a razão da nossa felicidade. O que nos dá força e certeza de estar no caminho certo é notar a alegria das pessoas em participarem conosco da construção de um novo hospital. É perceber que a família abraçou as ações da Associação Vidas”, destacou Etore.

E como nas edições anteriores, a 4ª ExpoAgro Vidas contou com algo especial para acontecer: o voluntariado. A dedicação de milhares de voluntários junto a atuação de entidades e instituições parceiras fez com que a festa pudesse alcançar seus objetivos. “A certeza que a Associação Vidas tem é que cada pessoa que lá esteve prestigiando ou exercendo algum tipo de trabalho voluntário; contribuindo direta ou indiretamente; se sentirá – num futuro próximo – muito honrada de ter participado da retomada do Hospital São Camilo. Ainda há muito a fazer, mas temos plena convicção que já demos passos importantes e alcançamos melhorias significativas. Somos muito gratos a todos que contribuíram conosco. No que depender da Associação Vidas, teremos uma nova – e ainda melhor – edição da ExpoAgro Vidas em agosto do ano que vem” frisou o presidente.

Ainda sendo contabilizado, o resultado financeiro da 4ª ExpoAgro Vidas será aplicado na continuidade da construção do Hospital São Camilo, o que inclui treinamentos para todos os seus profissionais; compra de novos equipamentos e reformas pontuais. “Este sempre foi o propósito inicial da Associação Vidas, estruturar o São Camilo para que, aos poucos, ele pudesse ofertar novas condições tanto para os clientes/pacientes serem atendidos quanto para os profissionais atuarem. Nós estamos transformando uma cultura que vem sendo plantada a 50 anos. Isso não se consegue de um dia para o outro”, ressaltou Etore, acrescentado que “é preciso que a população compreenda que quem faz a Associação; quem faz o hospital são as pessoas. E pessoas erra, falham e evoluem. Estamos no caminho da evolução, buscando e nos dedicando cada vez mais para que seja possível atribuir um atendimento digno que todo ser humano merece quando precisa de um hospital”.

Novidade deste ano, a pista liberada para os principais shows será mantida na próxima ExpoAgro Vidas, de acordo com o presidente da Associação Vidas. “Muito mais pessoas prestigiaram o evento com esta medida. Não faz muito tempo a exposição agropecuária era realizada exclusivamente pela prefeitura. Há quatro anos, a Associação Vidas realiza o evento com um valor muito menor para a municipalidade e ainda consegue uma lucratividade para trazer para Aracruz em hospital de referência. Embora haja investimento público no evento, ele objetiva obtenção de lucro para uma causa maior. Então, estamos buscando o equilíbrio entre um e outro. Queremos sim, arrecadar, mas também oportunizar lazer e diversão á população”, complementou Etore.

FONTE: Jornal Folha do Litoral – Edição 991 – 10 a 16 de Agosto de 2018 – Página 07